notícias, curiosidades

Cinema móvel, alimentado por energia solar.

sinesol1new

Eu achei a idéia genial.  É um cinema móvel, alimentado por energia solar.
O formato é próprio para filmes curtos e eles tem um acervo com inspiradores filmes ambientais.
É a arte e a criatividade aproximando as pessoas da informação.

cinesol2new

Cada  sessão é para um público de 8 pessoas, com direito a tapete vermelho e pipoca.

cinesol4new

 “ Nós usamos um gerador solar para armazenar energia renovável a partir da sol.
Nosso painel fotovoltaico aproveita a luz solar, garantindo a exibição.
O projetor é de LED.”
 – thesolcinema.org (The Sol Cinema, está sediado no Reino Unido.

É interessante também porque pode estar em qualquer lugar
- em campos, empresas, feiras e congressos, centros urbanos, festivais, campings …

cinesol5new

cinesol6new

Encantador!

Verduras e legumes naturalmente GIGANTES no Alaska!

Verduras gigantes - Alaska1

Quando eu vi essas verduras e legumes, pensei que era o resultado de experiências, muita química…
Mas não é!
Eles ficam desse tamanho por uma combinação de condições climáticas no Vale do Matanuska (Alaska).

alaska3

No Alaska, normalmente as verduras e legumes tem um período de crescimento muito curto,
apenas 105 dias, em média. Comparado a outros lugares, isso acontece em média em 300 dias.

 No entanto, a estação de crescimento do Alasca não tem longas noites escuras.
O estado está localizado perto do polo norte, com até 19 horas de sol por dia  durante o verão.
As horas extras de luz solar permitem  que as culturas do Alasca aproveitem esse sol para continuar  crescendo.

O impulso fotossintético também torna o produto mais doce.
As cenouras do Alasca, por exemplo, gastam quase 3/4 do dia,
enquanto o sol está disponível com a  fabricação de açúcar,
e apenas o restante 1/4 de seu tempo é gasto transformando esse açúcar em amido.

alaska2

Uma outra atração  da região é o ALASKA STATE FAIR.
Os agricultores do Vale do Matanuska exibem seus vegetais e  concorrem a prêmios.
“Alguns são tão grandes, que nem se reconhece o que são”, disse a superintendente da feira.

alaska4

Iniciativa de Universidade americana, visa motivar as pessoas a se tornarem mais conscientes …

universi solar1

A Universidade de Webster em St. Louis,(Missouri – EUA),
instalou um posto de carregamento utilizando energia solar e cinética  em seu Campus.

“A sustentabilidade é um dos valores fundamentais da Universidade Webster
e esta estação de recarga é mais um investimento na redução do impacto negativo do meio ambiente”.
O objetivo é inovar e liderar a nação com a instalação da estação Engo,
demonstrando nosso compromisso com a sustentabilidade e também oferecer uma conveniência
para nossos alunos, professores, funcionários e visitantes.” Presidente Elizabeth J. Stroble

 O Posto de carregamento “Engo”,
tem capacidade para recarregar até 14 dispositivos portáteis
(10 cabos, duas portas USB e duas almofadas de recarga sem fio).
As estações também incluem acesso Wi-Fi gratuito e um intercomunicador de emergência.

Como é que funciona
A energia renovável é produzida a partir dos passos (quando pisa na placa de energia cinética),
que vai diretamente para central.
Com energia adicional gerada a partir do Sol através dos painéis solares,
ENGO fornece recarga para quase todos os dispositivos portáteis.

univer solar2

 ” Através dessa experiência, queremos motivar as pessoas a se tornarem
mais conscientes de como suas ações diárias podem afetar o planeta”  

 Os supermercados sem embalagens andam se espalhando pelo mundo ….

 supermercado sem embalagens

Um deles está em nos Estados Unidos e outro no Alemanha.
A  ideia é que levemos as nossas embalagens.
Ótimo  para  o meio ambiente e também facilita a vida.
Podemos levar  os nossos “potinhos”, chegar em casa e só guardar,
ou  usar as embalagens biodegradáveis fornecidas pelos   supermercados.

O americano, se chama In gredients, é uma mercearia de produtos orgânicos.

usa2

O alemão se chama Original Unverpackt, fica em Berlim.

alemão ou

“As embalagens são coisa do século passado” 
falam Sara Wolf e Milena Glimbovski, criadoras do projeto (alemão).
É um jeito novo de  fazer as compras.
“O nosso principal objetivo é fazer com que os consumidores se desabituem a usar embalagens de plástico.”

Neste supermercado o cliente também pode levar o seu próprio recipiente
para guardar as compras, utilizar uma embalagem de papel reciclável ou, em último caso, pedir um recipiente emprestado.

Que inspirem as empresas por aqui.
Para as grandes redes é mais difícil, mas os pequenos empórios a adaptação á mais fácil! Porque não?

Para ver mais em Ambiente:

Mandou Bem – histórias inspiradoras, o link…
Notícias, curiosidades, o link …
Tecnologia – água & energia, o link …
Desperdício de alimentos, o link …
Aquecimento global, o link …